Óleo do câmbio automático trocado sistema de “flushing“ químico

Troca de Óleo do câmbio automático com a técnica adequada de "flushing" químico pode renovar a vida do seu cambio.

February 11, 2020

 

 "FLUSHING" QUIMICO

  

Uma das técnicas   adotada pela PRADOMATIC para a troca de óleo de determinados modelos de  cambios tem a finalidade de neutralizar e regredir os efeitos causados pela degradação do fluído ATF utilizado nos câmbios automáticos e automatizados. NÅO APLICAVEL EM CAMBIOS CVT 

 

Estes vernizes podem prejudicar o  cambio ou seu funcionamento ?

 

Sim, O verniz lubrificante é definido como uma fina película que se desenvolve ao longo do tempo em toda a parte interna de um sistema de lubrificação . É considerado um contaminante composto predominantemente por degradação de derivados de petróleo e moléculas aditivas  degradadas.

 

A presença de verniz nos sistemas hidráulicos e de lubrificação causa danos sérios predominantemente  nas caixas Mecatrônicas de controle hidráulico, Eletroválvulas, Buchas, superfícies de fricção provocando patinação e aumento de degradação física, rolamentos e elevação de temperatura de operação do sistema.  A camada de verniz age como um isolante, reduzindo o efeito de trocadores de calor e da mesma forma reduz a capacidade de resfriamento do lubrificante. Provoca ainda, a restrição ou impedância do fluxo de óleo. O verniz pode causar entupimentos em válvulas, filtros e pequenos orifícios.

 

Como funciona o "Flushing" ?

 

 

Adicionamos um produto importado ao  óleo velho; este  ficará  trabalhando na transmissão com motor em funcionamento por determinado tempo, para que todos os vernizes, aditivos desagregados  e contaminantes sejam dissolvidas e se misturem ao óleo velho.

 

Com equipamento próprio, produzindo um efeito semelhante a uma diálise, com o motor do carro ainda em  funcionamento, a própria bomba de óleo do cambio irá bombear todo fluido contaminado  com os resíduos e vernizes aglutinados ao óleo sujo dissolvidos pelo  produto de Flushing para o reservatório de óleo sujo do equipamento;

 

Finalmente , o interior do cambio  é lavado com 1 L de óleo novo bombeado para o cambio após o esvaziamento total do óleo sujo, incluindo o conversor de torque.

 

Após a lavagem,  durante o reabastecimento, adicionamos o conteúdo de 325 ml de um Produto sintético fabricado na Belgica composto de aditivos com propriedades revitalizar vedadores de borracha contraídos por fluidos degradados,  condicionador de vedantes e selos.

 

Desta forma é possível  conseguir uma perfeita manutenção preventiva, e em alguns casos corretiva, do cambio automático com finalidade de prolongar efetivamente vida útil e eficiência do funcionamento da transmissão, caso já não esteja comprometida gravemente.

 

Não recomendamos a utilização  "Flushing Quimico " em transmissões automáticas  CVT ou câmbios com tempo de uso acima de 10 anos que não sejam possível a troca do filtro de óleo.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque